IMG_20190322_131525611.jpg

Sofrimento Real de um Vampiro

February 1, 2018

Você já se sentiu, após um contato com pessoas, com dor de cabeça, sono inexplicável, exaustão física, irritabilidade súbita ou perda do seu ânimo natural?

 

Alguns desses sintomas juntos podem indicar que você foi drenado por um Drenador Energético.

 

E quem é o Drenador Energético?

 

É uma pessoa que não consegue manter as energias em seu próprio sistema ao longo do tempo. É como um estilo de vida. Constantemente busca em certas pessoas a energia de que necessita para se sentir estável.  

 

A questão crítica: O Drenador Energético não tem consciência de sua condição. 

 

- Pode numa situação social, agir como o centro da festa, atitude egocêntrica. É uma forma de sorver atenção, que alimentará seu sistema energético. Parece doar mas está sorvendo. 

 

- Também pode ser aquela pessoa que está sempre pedindo ostensivamente a presença do outro, falando muito às vezes, não conseguindo ficar sozinha consigo mesma por muito tempo.

 

- Há também quem, ao modo de uma vítima de tudo e todos, pede continuamente o apoio e a complacência de todos ao redor.

 

Normalmente após contato com pessoas que funcionam como fontes de energia, o Drenador Energético se sente recarregado e aparentemente feliz, para depois de um tempo cair num estado de solidão e falta. 

 

Assim podemos concluir que há um sofrimento basal e inconsciente na pessoa que vampiriza ou drena energia alheia. Precisa com frequência se recarregar com a energia de certas pessoas. E não percebe os ciclos.

 

É um estado crônico de descompensação energética. Imagine um recipiente com furos. É uma questão de tempo para que se esvazie.

 

O problema está enraizado em questões emocionais remotas de sua vida.    

 

Será este o nosso caso?

 

Dois movimentos importantes que podem nos ajudar a identificar se isso acontece:

 

1) O Drenador energético funciona em um movimento centrípeto. Puxa para si as energias de certas pessoas, muitas delas íntimas.

 

2) Precisará aprender a equilibrar-se por meio de um movimento centrífugo. Reequilibrando-se doará, de forma genuína, sua atenção e energia às pessoas e ambientes. Aqui não adianta uma performance. Se for apenas um teatro não trará resultados à pessoa. E não convencerá pois as energias nunca mentem.

 

 Se você conhece uma pessoa assim em sua família ou trabalho, saiba que não adiantará entornar verdades sobre ela. Esse processo é inconsciente. E pode estar acontecendo inclusive conosco. 

 

Há três providências importantes para se reverter a descompensação energética:

 

1- Autoconsciência sobre sua condição (de forma generosa, uma pessoa próxima pode ajudar a clarear o quadro para o Drenador Energético)

 

2- Ajuda psicológica (o processo de psicoterapia pode acelerar o reequilíbrio)

 

3- Ajuda voluntária (dedicar ajuda voluntária a pessoas que precisam)

 

Antes de identificarmos nossa lista de "vampiros" conhecidos, é importante saber se estamos incluídos nesta lista. Lucidez a todos nós!

 

Noutra oportunidade abordaremos como se defender de um processo de drenagem energética. 

 

Christina Queiroz.

CRP 06-25.451

www.clinicadepsicoterapia.com.br

Please reload

Featured Posts

Reconhecer o próprio tamanho e a própria energia vital... é o caminho.

January 22, 2015

1/7
Please reload

Recent Posts

February 21, 2018

February 25, 2016

August 26, 2015

June 3, 2015

Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags
Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Psicoterapeuta Perdizes