IMG_20190322_131525611.jpg

O Silencio na Intimidade


A maioria das pessoas anseia por um estado de intimidade com o ser amado. Mas há também muitos medos, às vezes simultâneos a esse desejo. O que a média das pessoas desconhece na vivência da intimidade, é que ela não é feita toda de palavras.

Não se trata de contar ao outro todas as suas verdades secretas. Embora isso possa ser feito.

Muitas vezes as palavras são usadas para baixar a ansiedade e banalizar estados e sentimentos intensos. Se for assim ela está funcionando como um recurso defensivo. Também o silencio pode funcionar como defesa. Tudo depende do contexto.

Mas ao buscar uma real intimidade, são as pausas e o silêncio que podem nutrir essa intimidade. Claro, intercaladas por palavras carregadas de sentido e afeto.

Podemos pensar nas notas musicais. São separadas por pausas, silêncios. E esta alternância é capaz de fazer uma bela composição.

Uma reflexão:

A intimidade que julgo ter com o ser amado tem sido alimentada por palavras em excesso? Ou tecida por silêncios entremeados por palavras?

A intimidade verdadeira suporta muito bem os silêncios.

Psicoterapeuta: Christina Queiroz - CRP 25.451-06

twitter - @ChrisBQueiroz www.clinicadepsicoterapia.com.br christinaqueiroz@clinicadepsicoterpia.com.br

Canal Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCnKF5Mqh05HO8MWp8rfVoBg…

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Psicoterapeuta Perdizes